quarta-feira, 4 de setembro de 2013

SABEDORIA

A base fundamental da sabedoria é a simplicidade. 
Nas minha caminhada diária, deparo-me com vários tipos de pessoas. Adoro relacionamentos francos, abertos e disponíveis.
Adoro rir. Rir à fartazana....
Não fico desagrada se uma dessas pessoas me diz o que tem a dizer sem rodeios. Afinal, mais vale o confronto das palavras sinceras do que a hipocrisia e a falsa modéstia. Ganho sempre uma pessoa para o meu lado e dou a oportunidade de me conhecerem melhor, uma vez que os mal entendidos existem, para além da componente cármica.
Compreendo que não posso agradar a "gregos e a troianos", nem tenho sequer essa pretensão.
Sempre aprendo algo com as pessoas com que me cruzo.
Não dou importância à maledicência. É mais um teste à minha paciência e tolerância.
Conta-se até dez, ou mais, eleva-se o pensamento numa base de perdão e desculpa interior, pois em algum lugar, eu já fui assim.
Entretanto, vou evoluindo no patamar da sabedoria. Passo a passo.