domingo, 22 de setembro de 2013

ESCUTA O TEU CORAÇÂO


Na dúvida, escuta o teu coração. Ele tem sempre razão.
Todos nós somos energia, e a energia gera ação e está em movimento constante. Seja movimento físico ou mental. Mesmo os corpos inertes são possuidores de energia. Todos os seres são envoltos num fluído cósmico, ou como alguns dizem, fluído vital, ou substância energética, maleável, subtil, que não tem peso, mas é manipulável.
Depois desta pequena introdução, pudemos perfeitamente averiguar que os nossos pensamentos são manipuláveis, uma vez que o fluído vital que os envolve, enquanto seres universais que somos, têm essa capacidade, face à sensibilidade que possuímos. Uns mais que outros. 
No geral, pedimos uma opinião sobre determinado assunto, ouvimos a outra parte e pensamos, tiramos as nossas próprias conclusões. Muitas vezes não é bastante. A dúvida não foi suficientemente clarificada. E questionamos mais interiormente. Como somos seres pensantes, pesamos primeiramente o carater da pessoa. É ou não fiável? Quer ajudar ou quer usar-nos? Sim, porque todos usamos todos, e somos usados por todos, consciente ou inconscientemente. Faz parte. Nada de hipocrisias. A questão é saber ser assertivo. A partilha é necessária, a troca de ideias é fundamental. Só assim crescemos.
Devemos respirar convenientemente. Acalmar a mente. Invocar o universo e agradecer. Agradecer pela luz, pela paz, pela harmonia, por tudo de bom que existe na nossa vida, plenamente. E dizer: eu estou aberto e recetivo a tudo de bom" e ficar atento. A resposta surtirá, assim, do nada, ou talvez não, se calhar é preciso amadurecer a ideia para ficar mais consistente  mas virá na hora certa. Só numa dimensão mais subtil tal pureza de contacto é possível.
Nada receies. Se estás bem, se não magoas ninguém, mantem-te calmo e sereno. 
A luz divina não desampara ninguém.